Erosões: Como evita-las?  

       As erosões são a consequência do mau dimensionamento das curvas em nível, que além de proporcionar um enorme prejuízo ao produtor rural é crime ambiental previsto em lei, podendo gerar multas e sanções ao proprietário agrícola.

      A MGC Tecnologia tem desenvolvido com sua equipe técnica uma seríe de aplicações  para evitar que isso ocorra. O primeiro passo é estudando por completo a área em questão.

      Com o mapa planialtimétrico em mãos é possível ver além, assim como analisados todos os parâmetros necessários para o dimensionamento de curvas em gradiente de baixa declividade, no caso a precipitação anual da região.

      As curvas em gradiente são elaboradas com declividade entre 1 a 2% direcionando todos os fluxos com segurança e baixa velocidade para o manancial ou reservatório mais próximo, ou seja, o escoamento da água é continuo não deixando com que seja acumulado um grande volume de água estourando as curvas causando a erosão.

     Abaixo é possível visualizar dois estudos de caso realizados pela MGC Tecnologia mostrando resultados reais de precisão, economia e principalmente ambientalmente correto.

       É possível visualizar no pivô acima que existem vários problemas causados pela erodbilidade do solo. Note na imagem LAS (á direita) que é possível detectar a profundidade das erosões pela imagem V.A.N.T.

       Nas imagens em 3d é possível constatar com mais certeza os problemas causados. Abaixo podemos visualizar que com o estudo foi possível dimensionar as curvas em gradiente de baixa declividade (em azul) evitando que a água entre em grande volume e velocidade evitando danos ao plantio.

       Abaixo podemos visuzalizar que o problema foi totalmente sanado pelo projeto executado com o conceito de qualidade MGC Tecnologia.

       Em outro caso abaixo é possivel notar que além de evitar as erosões o projeto MGC traz economia na execução topográfica, pois no projeto convencional da área específica seriam necessários 29.100m de curvas em nível, totalizando 30 terraços, sendo que são somente necessários 8.400m de curvas em gradiente de 1% de declividade, ecnonomia de 71% de tempo de máquina e mão-de-obra.

       As curvas em gradiente de baixa declividade também tem o objetivo de reabastecer os mananciais ou reservatórios da propriedade para que ela tenha capacidade hídrica para a produção agrícola.

        

 

 

 

 

 

Autor: Marcelo Coutinho de Carvalho

Matriz - Av. General Ataliba Leonel nº 1223 - Salas 91 e 92 - Santana

São Paulo -SP - CEP: 02033-000

Fone: (11) 2901-3015